Arquivos do Blog

Ed.Nº 163 – Wonder Boy: The Dragon’s Trap [2017]

Analise

Existem games que nunca envelhecem, podendo passar anos sem dar sinal de vida, e quando aparecem conseguem agarrar muitos pelo coração. Em quase 50 anos da indústria dos games nunca se viu tantos resgates de nomes marcantes, talvez desde 2013 com o remake de Castle of Illusion, logo veio DuckTales pela WayForward, até chegarmos no atual Wonder Boy.

Você imaginou que em pleno 2017 estaria jogando algo novo relacionado a Wonder Boy, e ainda, Dragon’s Trap? Justo esse que trouxe tanta história para quem viveu a época do Master System. É um verdadeiro golpe do Scorpion – “Get over here!”

E aí vemos o quanto que os games das gerações 8 aos 32-bits foram importantíssimos para semear essa quantidade de revivals, muitos jogaram suas versões originais e elas estão aí refeitas para serem curtidas do começo ao fim de novo. Com certeza ainda estão faltando muitos nomes, mas não dá pra negar que essa década surpreende cada vez mais.

Na edição 163 vamos acompanhar a análise de Wonder Boy: The Dragon’s Trap, game produzido pela Lizardcube, e publicado pela DotEmu.

Wonder Boy: The Dragon’s Trap (PS4, NS, XB1, PC[Análise])
Desenvolvedor: Lizardcube
Publicado por: DotEmu
Lançado em: 18/04/2017

[Tempo de leitura: 8 minutos]

Leia o resto deste post

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: