Gamelyst traz formato inovador para jogar no PC [Entrevista]

MarvoxFaaala gamers do Brasil! Neste momento você vai conhecer a Gamelyst, a inédita Plataforma de jogos que segue o estilo do Netflix, com muitas opções em títulos para jogar no PC.

A Plataforma foi idealizada por um grupo de Belo Horizonte – Minas Gerais, e já está em pleno funcionamento aceitando cadastros e assinaturas.

No fim de agosto/2016, a Gamelyst procurou o Blog MarvoxBrasil para experimentar a Plataforma e os jogos disponíveis, essa experiência você vai poder conferir em duas partes.

Neste primeiro momento, convido você para acompanhar a entrevista sensacional com um dos idealizadores da Gamelyst. E na próxima semana tem a matéria especial com os jogos da Plataforma.

Antigamente, e acredito que muitos que acompanham o Blog tenham tido boas experiências com games durante os Anos 90 vão lembrar comigo, um dos momentos mais interessantes se tratando de Videogame era visitar uma locadora de games. Era uma forma de saber que o seu Videogame tinha um enorme universo de jogos para ser aproveitado.

Aquela sensação de ver aquelas prateleiras, pegar a caixa do jogo na mão, e no verso da caixa, olhar as fotos e mentalmente dizer “é esse o jogo que vou levar hoje”.

Era interessante também que as locadoras despertavam a curiosidade no jogador, porque mesmo com as Revistas de Games, nem todos os jogos apareciam nas páginas das revistas. Muitos jogos, por exemplo, de Master System e NES eu fui conhecer por intermédio das locadoras.

E por que comentei sobre essa lembrança da locadora? Porque, a Gamelyst consegue abrir a oportunidade do consumidor que joga no PC, de conhecer jogos que vão além dos títulos mais populares encontrados no Steam, Uplay e outras plataformas digitais.

Confira a entrevista com Filipe Faria, um dos Co-Fundadores da Gamelyst.

 

Como surgiu essa ideia de criar a Gamelyst?

Os dois co-fundadores iniciais, Natan Rebelo e Alexandre Pressoto, se conhecem desde a infância e tiveram a ideia há cerca de 2 anos, quando se mudaram para o Rio para estudar na UFF. O primeiro insight derivou de um post no 9Gag que dizia que se houvesse uma Netflix para jogos a pessoa nunca sairia de casa, com mais de 20 mil likes. Desde então os dois seguem com esse projeto se mudando para SP e para BH onde conheceram os demais integrantes da equipe e participaram do programa de pré-aceleração de startups chamado Lemonade. A equipe, hoje em dia conta com 10 pessoas, atuantes há quase 10 meses ativamente na construção da Gamelyst.

Com apenas um valor de assinatura o jogador tem acesso a diversos títulos para jogar no PC.

 

Qual a missão e a visão do serviço de vocês?

Por meio de download, o gamer tem acesso ao jogo em seu computador quando e por quanto tempo quiser enquanto permanecer ativo em nosso sistema. Outro grande diferencial é o método de remuneração de desenvolvedores que não recebem apenas pela licença de seu game, mas de forma recorrente.

 

Sabendo que o gamer de PC já possui uma conta no Steam ou outras plataformas, como vocês acreditam que o público terá a iniciativa de assinar a Gamelyst?

A Gamelyst é uma proposta inovadora de sistema de assinaturas para games de PC, sistema ainda pouco conhecido nesse gênero, mas já difundido no meio de cinema e TV pela Netflix. Da mesma maneira que a empresa em que foi inspirado, a Gamelyst oferece uma proposta diferente do que se encontra hoje em dia no mercado, que oferece vendas por unidade com foco nos super lançamentos ou pacotes promocionais de games mais antigos. A Gamelyst, em sua Comunidade de Gamers, trabalha juntamente ao seu público alvo na construção do que virá a ser o novo modo de se jogar. E justamente por trabalhar diretamente com os dois públicos chave – gamers e desenvolvedores de games – teremos como oferecer com maior acertividade o que se espera de nós.

Giana Sisters: Twisted Dreams, 2012

 

A Plataforma traz a oportunidade de conhecer jogos que normalmente são “apagados” pelos títulos mais populares, o que facilita muito o contato com jogos menos conhecidos. Como os desenvolvedores podem se aproveitar disso?

Nosso objetivo principal é a satisfação de nosso público alvo. Não apenas os gamers se beneficiarão da Plataforma Gamelyst, mas os desenvolvedores de games encontrarão na Gamelyst um novo formato de monetização recorrente e divulgação de seus jogos, sejam eles pouco ou muito conhecidos entre o universo gamer. A Gamelyst remunera por tempo jogado e trabalha ativamente na difusão dos jogos por entre seus usuários baseado em perfil, o que possibilita ao estúdio ter sempre novos adeptos a seus games e remuneração gradativa e mensal.

 

Existe algum incentivo para que os Estúdios brasileiros coloquem seus jogos na Gamelyst?

Apesar de não ter nenhum foco específico quanto aos gêneros e categorias dos jogos da Plataforma Gamelyst, é um fato que um de nossos principais desejos é fomentar os estúdios e games brasileiros – país de origem da Gamelyst – ao redor do mundo. Temos contato direto com universidades de Jogos Digitais e produtores de games locais que conversam com a Gamelyst não apenas em termos de desenvolvimento, mas também em empreendedorismo, marketing e comercial. O meio ambiente de games brasileiro crescendo é uma situação positiva para nós, para Minas Gerais e para o Brasil como um todo.

Pony Island, 2016

 

Quando o jogo tem modo cooperativo, como a Plataforma consegue trabalhar com esse recurso entre os assinantes?

Estamos em versão Beta desde o início de setembro. Em nosso período Alfa alinhamos a nossa plataforma da melhor forma possível entre a possibilidade técnica de desenvolvimento de TI e as expectativas dos gamers. Por enquanto ainda não é possível realizar partidas multiplayer em nossa plataforma em construção, mas é um plano que entrará em ação o quanto antes em nossa versão 2.0. Além de jogar em duplas e grupos, teremos sistema de comunicação entre jogadores e comunidades estruturadas para estimular o diálogo entre gamers, desenvolvedores e influenciadores das redes sociais.

 

Fora do jogo, a Gamelyst conta com quais atividades para entreter o jogador?

A Gamelyst hoje em dia é muito mais do que uma plataforma. No decorrer dos últimos meses conseguimos construir junto aos nossos parceiros e amigos apelidados de Gamelysters Hardcore uma comunidade forte e um grupo de pessoas interessadas em fazer tudo de melhor para o universo gamer. Nosso blog está ativo com notícias sobre o mundo dos jogos digitais e as redes sociais da Gamelyst sempre alimentadas com as novidades sobre a startup e os novos jogos que entrarão todo mês.

 

Pela Plataforma, o assinante consegue realizar a transmissão ao vivo dos jogos?

A Plataforma Gamelyst foi planejada para ser o mais simples, leve e intuitiva possível. O que significa que não haverá um grande consumo de banda ou da memória RAM do computador. É perfeitamente possível –  e certamente estimulado – que se façam streamings jogando em nossa plataforma, que possui alguns games ainda pouco comentados nas redes, mas bem conhecidos ao redor do mundo, como Valhalla Hills, Pony Island e Blackguards.

Dungeon Souls, 2016

 

Enquanto testava a Plataforma encontrei jogos produzidos em 2016. Além dos títulos novos, teremos jogos mais antigos para o assinante jogar também?

Muito interessante a pergunta sobre jogos de outras épocas, pois essa é uma demanda não só sua, mas de diversos gamers da nossa comunidade e mesmo de nossa equipe fundadora. Pretendemos sim disponibilizar games de outras épocas em setores dedicados a eles na Gamelyst. Ainda estamos em negociação com grandes estúdios de games dos velhos tempos e em breve traremos novidades a respeito.

 

Com relação ao catálogo, quais jogos podemos encontrar?

Já temos o que há de mais interessante no meio ambiente de jogos indie desenvolvidos ao redor do Mundo. Contamos com grandes títulos como Evoland 1 e 2, Dungeon Souls e Giana Sisters – game com uma história quase tão longa quanto a do nosso querido encanador de macacão vermelho. Além desses temos mais duas dezenas de jogos em nossa plataforma que crescerá todo mês por meio das parcerias que firmamos diariamente com estúdios e publicadoras, como a Plug In Digital e a Daedalic Entretenimento. Estúdios brasileiros como a TDZ Games e a Duaik já estão encaminhados para fazerem parte do catálogo. Além de outras surpresas!

 

Site: gamelyst.com

Contato: contato@gamelyst.com.br

 

Muito obrigado ao Filipe pela entrevista, e a equipe da Gamelyst por ter procurado o Blog MarvoxBrasil.

Mas não acabou, na 2ª parte deste especial você vai poder conferir um mini-review sobre os jogos que aparecem nas imagens! O universo Gamelyst já está presente, e assim permitirá aos jogadores ter um contato mais fácil e rápido com vários jogos de PC. Até a próxima!

Sobre Marvox

Formado em Comunicação Social: Propaganda e Marketing, fundador e autor do Blog MarvoxBrasil. Criador da série Start Again no Youtube. Desde 2015 faz parte da equipe do Canal Jornada Gamer. Minha maior paixão, saber que consigo ajudar pessoas a terminar mais jogos. Essa conquista não tem preço!

Publicado em 4 de outubro de 2016, em Atualizações do Site, Especiais, PC e marcado como , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

Para comentar não é preciso se identificar. Mas, se quiser, pode comentar utilizando seu login do Facebook, Twitter, G+ ou Wordpress. Grande abraço!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: