Ed.Nº 92 – Oio The Game (PC, 2011)

Ed92OIOMVX

Faaala gamers do Brasil! A edição 92 do Blog MarvoxBrasil traz “Oio The Game“, um indie-game lançado em 2011 para o PC, e que foi criado pelo estúdio francês Uncanny Games, que por mais que o estúdio seja da França, todo o enredo do jogo foi inspirado em uma fábula da Tailândia. E eu pergunto à vocês, leitores, quando foi a primeira vez que você ouviu falar no seguinte termo: “esse jogo é indie?” Você lembra qual foi o primeiro título indie que você jogou?
Comigo, essa história aconteceu há alguns anos atrás durante uma conversa no MSN(nem uso mais isso) com meu amigo João, do Blog Nostallgia. Foi ele quem me mostrou o jogo “Oio” e acredito ter sido o primeiro título que joguei e a primeira vez que comecei a ouvir esse jeito de falar “esse jogo é indie“. Na época o jogo ainda estava em produção e no momento a softhouse tinha apenas disponibilizado a demonstração para curtir três fases. Eu gostei muito do jogo e comprei a versão completa ainda no final de 2011. A partir de agora, acompanhem “Oio The Game“, no Blog MarvoxBrasil!

OIO000

“Os Homenzinhos de Madeira”

Na distância em que os nossos olhos não podem enxergar, abaixo do solo em que pisamos diariamente, vivem pequenos homenzinhos de madeira que trabalham de forma incansável para a mãe natureza. Com a ambição de alguns homens que procuram perfurar o solo de forma cada vez mais profunda, as máquinas conseguiram chegar até o local onde vivem essa população de madeira. De forma a promover a extinção, as máquinas tentam a todo custo perfurar cada vez mais, e para que os homenzinhos de madeira não consigam escapar, uma energia misteriosa congelou toda essa população subterrânea. Com a força da mãe natureza, um desses homenzinhos conseguiu escapar desse congelamento e com a ajuda de uma semente especial, o jogador terá que enfrentar muitos perigos para desligar a poderosa máquina de destruição do solo.

OIO001

Não é só correr e pular!

Oio The Game” é um jogo do gênero plataforma em 3D, você movimenta o personagem principal, da esquerda para a direita enquanto busca ultrapassar armadilhas, buracos, espetos, tem momento em que é preciso caminhar agachado em locais estreitos e pequenos, pular plataformas que podem desmoronar a qualquer momento, e fora as armadilhas que se movem intencionalmente para pegar o personagem em cheio e assustar os jogadores mais desprevenidos. Durante as fases existem objetos para coletar, o que traz o elemento da exploração dentro da fase e fica bem mais interessante do que correr e desviar. Existe espalhadas pelas fases, uma quantidade de 100 bolas de energias e que além de preocupar-se em coletar todas elas, têm também três páginas com um brilho dourado. Não é necessário nada disso se você é um jogador que gosta de passar de fase para terminar logo o jogo, mas se você for um jogador que gosta de pegar tudo e explorar, vale a pena completar 100% da fase para garantir conquistas cedidas pelo próprio jogo e ganhar uma pontuação maior no final.

OIO002OIO003OIO004

A magia do jogo começa aqui!

A melhor parte é que mesmo se você for um jogador que apenas queira passar de fase, o jogo vai tentar despertar em você uma vontade de explorar mais, a partir do momento em que você encontra a semente mágica. Será deste momento em diante que o elemento puzzle irá apresentar-se para você, e com a ajuda do mouse você conseguirá arremessar essas sementes em locais apropriados e vou explicar como funciona. Ao apertar o botão esquerdo, você vai arremessar uma semente de cor verde, e uma semente de cor vermelha com o botão direito. Então, você verá gomos de cor verde que brotam do chão, parede ou do teto da fase. Tudo que você precisa fazer é arremessar a semente verde na direção desse gomo verde, e de forma instantânea nascerá um tronco que você vai utilizar para transformar isso em plataformas para você avançar pela fase, para desmontar as plataformas que você criou, é só jogar a semente vermelha, e pronto o tronco sumirá, e muito mais do que montar plataformas, a semente também salvará você de perigos das fases, principalmente quando precisar desligar armadilhas como caldeiras e fornos que podem queimar o seu personagem de madeira e outras armadilhas a mais que você vai ver e aprender durante o jogo, o que é bem mais divertido.

OIO005OIO006aOIO007OIO008

O Desenvolvimento do Game

Quando a Uncanny Games apareceu em 2011, já existiam dois jogos consideráveis dessa linhagem indie e que também já estavam com um sucesso garantido, o primeiro é o Braid(Number One, 2008) e o segundo é o famosíssimo Limbo(Playdead, 2010). E em 2011, a Uncanny Games, formada por um grupo de 6 pessoas, criou e distribuiu por conta própria o jogo “Oio The Game” através do site oficial que a softhouse tinha na época, quando o jogo foi lançado. O pequeno estúdio formado por um grupo de apenas 6 pessoas foi mais que suficiente para a criação do jogo, e muitas vezes acabam por utilizar recursos até criativos em meio aos custos financeiros que enfrentam com o decorrer da produção, como por exemplo, ao iniciar o jogo, você ouvirá uma voz infantil que lê as duas palavras que formam o nome da softhouse “Uncanny Games”, essa voz nada mais é que a filha do diretor de criação da softhouse, mesmo que este seja um pequeno detalhe, temos também outro que vale a pena mencionar que é o uso da arte rupestre dentro deste jogo, existe um álbum com gravuras que ilustram de forma resumida cada uma das doze fases se você completar a fase com 100% de aproveitamento, ver este álbum no jogo é como entrar em uma caverna e de repente você se deparar com esse tipo de pintura nas paredes, a arte rupestre foi muito usada na Pré-História, era uma forma das pessoas da época contarem na forma de desenhos com o que costumavam ver no dia a dia.

OIO009OIO011OIO012

Onde garantir esta diversão?

Estas são as configurações para que o jogo rode em seu PC: Win 7/Vista/XP, Processador DualCore 2.5GHz, 2GB de memória e compatibilidade a partir do DirectX 9. Atualmente, “Oio The Game” pode ser adquirido através dos sites Desura e GamersGate. Se você já conhece este jogo, conte um pouco sobre o que você achou dele, se achou muito difícil, muito fácil, isso é bom para que outros gamers também conheçam mais. E não deixem de responder a pergunta: Qual foi o primeiro título indie que você jogou? Espero que tenham gostado de conhecer este jogo, e que meu amigo João, já tenha terminado ele.

OIO013

Não deixe de assistir ao vídeo da época em que o jogo foi lançado, em 2011. Confira abaixo:

Blog MarvoxBrasil, desperte o gamer em você! Até a próxima!

Sobre Marvox

Formado em Comunicação Social: Propaganda e Marketing, fundador e autor do Blog MarvoxBrasil. Criador da série Start Again no Youtube. Desde 2015 faz parte da equipe do Canal Jornada Gamer. Minha maior paixão, saber que consigo ajudar pessoas a terminar mais jogos. Essa conquista não tem preço!

Publicado em 6 de março de 2014, em Análises, PC e marcado como , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Vale a pena jogar e curtir Cyber, serão pelo menos 2 horas de diversão que não será em vão😄, pode confiar! Grande abraço!

    Curtir

  2. Mano, esse game parece ser bem foda!! Não conhecia, mas fiquei bem empolgado em jogar, adoro plataformas, hehehe!! Um jogo como esse passar despercebido, que pecado O.o

    Curtir

Para comentar não é preciso se identificar. Mas, se quiser, pode comentar utilizando seu login do Facebook, Twitter, G+ ou Wordpress. Grande abraço!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: