Ed.Nº 55 – Crysis 2 [2011 para PC/Xbox-360/PS3]

Há quanto tempo você joga videogame? Quando foi a primeira vez que você viu um videogame na sua frente? Quais jogos você gosta de acompanhar em notícias para saber quando sairá uma nova versão? Essas e outras perguntas costumam traçar um perfil para saber o gosto que cada pessoa tem quando falamos de games e videogames. E neste ano de 2011, tanto os videogames quanto os PCs receberão muita diversão. Alguns games são continuações aguardadas há anos, e outros são novidades que só foram possíveis com a  modernidade dos hardwares.

 

 

=> Diablo 3 (Diablo 2 é de 2000)
=> Max Payne 3 (Max Payne 2 é de 2003)
=> Deus Ex Human Revolution (Deus Ex 2 é de 2003)
=> Portal 2 (Portal 1 é de 2007)
=> Duke Nukem Forever (Duke Nukem 3D é de 1996)

Continuações muito aguardadas, que carregam 10 anos ou mais de espera e finalmente veremos muitos desses games ainda em 2011. Claro que, ainda existem outros nomes aguardados, posso citar aqui Rage da Id Software, o cruzamento de duas franquias poderosas em Street Fighter e Tekken em um mesmo jogo. L.A Noire com toda a técnica de produção maravilhosa que os criadores buscaram. Os milagres estão acontecendo pessoal. E como estão as suas expectativas? Bom, a única expectativa que eu tenho no momento, e quando for possível, é jogar e curtir cada um desses games, principalmente Duke Nukem Forever, não vejo a hora!

E falando em Duke Nukem Forever, veja a última informação sobre o game. Direto dos estúdios da Gearbox Software, Randy Pitchford (presidente e produtor executivo de Duke Nukem Forever). Acompanhem o vídeo que é curto e muito explicativo, está em inglês e sem legendas em português:

•Marvox

Agora na edição 55, vamos acompanhar Prophet pela Nova York do ano de 2023 em Crysis 2. Aqui você verá tudo o que a NanoSuit 2 pode fazer, os desafios que você terá que enfrentar, técnicas de batalhas e várias manhas para detonar o jogo. Não terá spoilers, apenas comentários técnicos de algumas situações do jogo. E se você estiver ainda em dúvida se compra ou pede emprestado para alguém, veja abaixo o quanto é legal jogar Crysis 2.

Crysis 2 foi lançado dia 22 de março de 2011 pelas mãos da EA (Electronic Arts). Quem produziu o jogo foi a Crytek Frankfurt, enquanto a Crytek do Reino Unido cuidou da parte do Multiplayer do jogo. A história de Crysis 2 é vivida no ano de 2023 em Nova York, Estados Unidos.

O enredo leva você três anos depois dos acontecimentos da história do primeiro Crysis. No primeiro você controla Prophet, já em Crysis 2, você controla um sujeito chamado Alcatraz. O seu personagem usa uma roupa por todo o corpo chamada NanoSuit. Essa roupa cheia de nano-circuitos custou 2 bilhões de dólares para ser criada. E para a sua sorte ela protege você com diversos recursos especiais que você ativa ao alcance de um aperto de botão.

Com a NanoSuit você tem (a forma de ativar é do computador com os comandos na forma padrão, nos videogames pode ser diferente):

Special – Visão noturna com sensor de calor
Como ativa: Aperte “N”
Como fica a tela? O cenário fica branco, com alguns chuviscos mínimos e a mão do personagem fica colorida.
Por que usar?  Para você enxergar em ambientes escuros e também para enxergar a localização dos seus inimigos que podem estar escondidos em qualquer canto do cenário, ou simplesmente caminhando de um lado para o outro, como o cenário é amplo, nem sempre você consegue avistar o inimigo pela primeira olhada.

Special – Armadura
Como ativa – Aperte “Q”
Como fica a tela – Cheia de pequenos hexágonos que cobrem a parte inferior e superior da tela e só fica a parte do centro como um visor, para que você consiga enxergar o caminho.
Por que usar? Em alguns momentos do jogo, você precisa despencar do alto dos prédios de Nova York a uma altura enorme para chegar até o chão. E para que você não se machuque ou dê game over de uma vez, você ativa a armadura. Use também em combates onde você sentir-se emboscado pelos inimigos.

Special – Invisibilidade
Como ativa – Aperte “E”
Como fica a tela – A mão do personagem e a arma ficam completamente invisíveis.
Por que usar? – Seus inimigos não percebem você e fica fácil pegá-los de surpresa. Mas cuidado, andar em cima de folhagens faz com que os inimigos fiquem com a idéia de que alguém está por perto. Com as criaturas, caso você fique perto delas, ocorre a explosão de um campo de força elétrico que dá choque na NanoSuit e desativa o Special na hora e você fica desprotegido.

Special – Radar
Como ativa – Aperte “B”
Como fica a tela – Cheia de ícones
Por que usar? – Antes de você jogar-se em uma área desconhecida, o melhor é utilizar esse Special que mostrará para você na tela onde estão localizados os inimigos, munições, o objetivo final (ponto azul), e também serve para você dar zoom e enxergar caminhos distantes e assim evita de você começar a tomar danos desprevenido.

O melhor de Crysis 2 é que as opções e specials podem ser ativadas dentro do jogo sem precisar voltar ao menu. Tudo é alí “in-game”, na hora que a coisa acontece e tem horas que você precisa ficar escondido para dar um tempo para que você possa mudar o efeito de tiro da arma (escolher mira sniper ou mira a laser) ou ativar habilidades especiais que a NanoSuit libera quando você derrota cada criatura e durante o progresso do enredo. Existe uma pontuação, e cada criatura que você derrubar, irá aparecer uma purpurina  que flutua por alguns segundos sobre a criatura morta. Então você pega e funciona como créditos. Esses créditos são pontuações que ao juntar um determinado número, você pode habilitar facilidades da NanoSuit como, por exemplo, habilidade de andar e correr, sem fazer barulho nenhum. O que é muito mais prático em qualquer situação, principalmente quando você corre.

O legal de Crysis 2 é que você pode dirigir jipes e tanques de guerra espalhados pela cidade destruída de Nova York. Os veículos ficam estacionados em vários lugares. Alguns você precisa dar uma de “GTA Feelings”, dar um jeito no soldado inimigo que toma conta do veículo, para  assim conseguir dirigir. Os tanques de guerra são uma diversão a parte, porque eles facilitam muito o trabalho. Eles possuem duas opções de tiros diferentes. O primeiro é a metralhadora e o segundo são mísseis.

Dá para tirar proveito de tudo o que está à sua volta. Você pode pegar qualquer objeto, desde um teclado de computador até um ventilador e jogar na cabeça dos inimigos. E mais, as metralhadoras que os jipes carregam na traseira podem ser arrancadas. Mesmo sendo pesadas, as metralhadoras dos jipes contam com 150 tiros sem que assim você gaste as munição das armas que você já possui. Porém, as metralhadoras dos jipes não são recarregáveis, se acabar, você terá que jogar fora.

O personagem em Crysis 2 pode carregar 2 armas recarregáveis, dois tipos de explosivos que são granadas e bombas acionadas por controle-remoto e  uma bazuca.

O mais legal é você enxergar a mão do personagem fazendo ações no jogo. Quando ele abre as portas de um elevador, aparece as mãos e você percebe a força que ele faz para afastar as portas.

Os desafios de Crysis 2 colocam você em diversas situações, e lembram muito os antigos jogos da geração 8 e 16-bits que colocavam o jogador no meio de vários desafios diferentes. Tem parte seca, tem partes debaixo d’água, tem partes dentro de metrôs, tem partes nos terraços dos prédios da Wall Street, você entra em bares e restaurantes, sobe elevador, pula de uma janela para a outra, rouba jipes e tanques, agarra seus inimigos de surpresa, explode helicópteros e luta contra naves gigantescas que emitem um som ensurdecedor. A última vez que ouvi um som assim, foi quando ví os Tripods (inimigos do game Half-Life 2), mas em Crysis 2 o barulho é de trincar a espinha. Você também atravessa a pontes e ainda faz um tour enorme pela cidade de Nova York sem sair de casa, enfrentar filas e atrasos em aeroportos e não gasta nada.

Mesmo que você nunca tenha jogado o primeiro Crysis, assim como eu também não cheguei a jogar, entretanto, se você jogou DOOM, Duke Nukem 3D e até Far Cry, Half-Life 2, Call of Duty Modern Warfare, ou até mesmo se você gostava de brincar de guerra com os Comandos em Ação nos anos 80 e 90, com certeza não será difícil acostumar-se com Crysis 2 a ponto de jogar até que consiga assistir o final do jogo.

Crysis 2 é um jogo cheio de ação e desafios que vai muito além de um simples jogo de tiro em primeira pessoa, até porque existe um botão que você pode colocá-lo em terceira pessoa. Mesmo assim, apesar de Crysis 2 trazer gráficos fantásticos e cheio de física que imita o universo real, a diversão não ficou comprometida a ponto de ser mais um game bonito sem conteúdo e isso é um ponto mega-positivo para a Crytek Frankfurt que desenvolveu o game, quanto para as pessoas que vão jogá-lo.

Trilha Sonora é com Hans Zimmer
Ponto positivo também vai para a trilha sonora, composta pelo alemão Hans Zimmer. O cara, para vocês ter uma noção, criou as músicas para mais de 100 filmes, vários desses filmes com certeza você já deve ter visto, no cinema e na televisão.

O Rei Leão (The Lion King)
Gladiador (Gladiator)
Batman O Cavaleiro das Trevas (The Dark Knight)
Anjos e Demônios (Angels & Demons)
A Origem (Inception)
Sherlock Holmes
Megamind
Rango

Então, ao jogar Crysis 2, você estará submergido em trilhas-sonoras de babar e dar curto-circuito no teclado ou no controle. Trilhas com sonoridade de cinema, isso é muito bonito. Uma produção game-cinematográfica. As músicas dentro do jogo não são contínuas, dependendo do momento e da adrenalina da ação, a música toma formas diferentes, fica mais pulsante no meio de batalhas e mais harmônica em momentos após cometer certas atitudes heróicas.

Conheça a página oficial do compositor da trilha sonora de Crysis 2. Logo na entrada do site tem uma lista de várias músicas de filmes e games que ele já fez. Clique para visitar Hanz Zimmer

Enfim, Crysis 2 é fodásticamente divertido. E o melhor é que você pode encontrar o jogo para PS3, Xbox360 e PC. Ninguém fica de fora! Até a próxima edição do Blog MarvoxBrasil.

videogame? Quando foi a primeiravez que você viu um videogame nasua frente? Quais jogos você gostade acompanhar em notícias parasaber quando sairá uma novaversão? Essas e outras perguntascostumam traçar um perfil parasaber o gosto que cada pessoa temquando falamos de games e

videogames. E neste ano de 2011,

tanto os videogames quanto os PCs

receberão muita diversão. Alguns

games são continuações aguardadas

há anos, e outros são novidades

que só agora com as modernidades

técnicas dos hardwares foi-se

possível a criação. Eu falo de

games que levam nomes como:

=> Diablo 3 (Diablo 2 é de 2000)
=> Max Payne 3 (Max Payne 2 é de

2003)
=> Deus Ex Human Revolution (Deus

Ex 2 é de 2003)
=> Portal 2 (Portal 1 é de 2007)
=> Duke Nukem Forever (Duke Nukem

3D é de 1996)

Continuações muito aguardadas, que

carregam 10 anos ou mais de

distância e finalmente veremos

muitas desses games ainda em 2011.

Claro que ainda existem outros

nomes aguardados, posso citar aqui

Rage da Id Software, o cruzamento

de duas franquias poderosas,

Street Fighter e Tekken em um

mesmo jogo. L.A Noire com toda a

técnica de produção maravilhosa

que os criadores buscaram. Os

milagres estão acontecendo

pessoal. E como estão suas

expectativas? Bom, a única

expectativa que eu tenho no

momento é quando for possível

jogar e curtir cada um desses

games, principalmente Duke Nukem

Forever, não vejo a hora!

E falando em Duke Nukem Forever,

veja a última informação sobre o

game. Direto dos estúdios da

Gearbox, Randy Pitchford.

Acompanhem o vídeo que é curto e

muito explicativo, está em inglês

e sem legendas em português:

Sobre Marvox

Formado em Comunicação Social: Propaganda e Marketing, fundador e autor do Blog MarvoxBrasil. Criador da série Start Again no Youtube. Desde 2015 faz parte da equipe do Canal Jornada Gamer. Minha maior paixão, saber que consigo ajudar pessoas a terminar mais jogos. Essa conquista não tem preço!

Publicado em 24 de março de 2011, em Análises, PC, PS3, XBOX 360 e marcado como , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. Vale a pena mesmo jogar Crysis 2 Xracer. Esta versão me incentivou por trazer uma réplica da cidade de Nova York, a Crytek retratou fielmente cada esquina da cidade. Quando terminar, volte aqui para dizer o que achou do jogo inteiro. Até mais!

    Curtir

  2. Fantástica análise !

    conseguiu despertar em mim a vontade de joga-lo !

    Curtir

  3. Fodão hein? *-*

    Curtir

  4. Bah..ainda tenho que jogar. deve ser JOG~SO..genérico, mas jogão uhauahau
    Nano suit. te amo!

    Curtir

Para comentar não é preciso se identificar. Mas, se quiser, pode comentar utilizando seu login do Facebook, Twitter, G+ ou Wordpress. Grande abraço!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: